Quer ser nosso colaborador? Envie seu texto e fotos para nosso e-mail.

Tratamento odontológico para idosos Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Encontre dentistas em Campo Grande. Aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Otto Pereira Schneider
(47) 3344-3108
Av 7 de Setembro 707
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Geraldino Cassimiro de Araújo Filho
(61) 3552-0111
Av Central s/n lt 880 lj 3
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Fabiano Henrique Silveira
(35) 3424-1577
Rua Afonso Pena 26
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Luciano Meyer Grazziotin
(54) 3293-2843
Rua Francisco Marcantonio 13
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Mário Alberto Cauduro Achutti
(55) 3221-1352
Rua Venâncio Aires 1795 ap 81
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Reinaldo Milheiro Martins
(21) 2234-0802
Rua Cde Bonfim 370 s 603
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Ivan & Henrique Capillé
(21) 2719-3913
Rua Miguel Frias 88 SL 503
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
João Antônio Cardoso
(42) 3272-1931
Rua Leônidas Garcia Rodrigues 92
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Reinaldo Reichenbach
(41) 3332-0662
Rua Com Roseira 164
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Ítalo Pedro Borges Auler
(51) 3772-2404
Av Getúlio Vargas 611
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Tratamento odontológico para idosos

Fornecido por: 

A população de idosos cresce cada vez mais no Brasil. Dados do IBGE apontam que nos próximos 20 anos haverá 30 milhões de brasileiros na terceira idade, sendo que será comum atingir e ultrapassar os 85 anos.

Os cuidados com a saúde bucal, então, passam a ser estratégicos do ponto de vista da prevenção de doenças.

"Enquanto alguns ainda têm uma idéia preconcebida da velhice, associando-a com a perda total dos dentes e, automaticamente, dispensando o idoso dos tratamentos dentários, a realidade vem apresentando um cenário totalmente distinto. As visitas regulares ao dentista são imperativas do ponto de vista da saúde geral do indivíduo", diz o cirurgião-dentista Marcelo Rezende, diretor da Smiling Dental Care.

Além disso, Rezende argumenta que mesmo quem tem poucos dentes naturais ou usa próteses não deve descuidar da saúde bucal. "Doenças como diabetes, hipertensão e obesidade afetam a saúde bucal, podendo resultar em complicações. Além disso, inúmeros medicamentos prescritos para o paciente idoso contêm substâncias agressivas aos dentes, facilitando o aparecimento de cáries".

Segundo o especialista as cáries, inflamações ou infecções na gengiva são doenças bucais e podem influenciar vários órgãos, inclusive o coração. É o caso da ?endocardite bacteriana', uma infecção das válvulas do coração que pode ser provocada pela contaminação dos tecidos com bactérias provenientes de infec...

Clique aqui para ler este artigo em O Debate

Copyright © 2013 Todos os direitos reservados.
UaiWeb