Quer ser nosso colaborador? Envie seu texto e fotos para nosso e-mail.

Depressão Macapá, Amapá

"Para não gastar o que já não tem disponível, o organismo manifesta apatia, cansaço e falta de ânimo pela vida", destaca Rubens Cascapera. Ele é especialista em medicina psicossomática e atribui os episódios depressivos as grandes perdas de energia. Confira suas justificativas. Consulte a lista de especialistas da área, em Macapá.

Lucia Cabral
(96) 3241-2364
r Hildemar Maia, 583 B, Santa Rita
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Clínica de Atividades Psicológicas
(96) 3223-6390
av Mendonça Furtado, 2130
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Lúcia Sena
(96) 8115-6115
r Paraná, 1295 apto 902, Santa Rita
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Clínica de Atividades Psicológicas
(96) 3223-6390
av Mendonça Furtado, 2130
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Letícia Gardênia Carvalho dos Prazeres, Dra
(96) 3222-5335
r Gal Rondon, 2410, Central
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Letícia Gardênia Carvalho dos Prazeres, Dra
(96) 3222-5335
r Gal Rondon, 2410, Central
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Silvia Karla Winker e Silva Dra
(96) 8111-7897
r Gal Rondon, 2410, Central
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Frantinete Oliveira-Psicologia
(96) 8121-1933
av Pres Getúlio Vargas, 1245A, Central
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Alderico Pinto E Silva
(96) 3242-3352
Av. Santos Dumont, 519, esquina Procópio Rola
Macapá, Amapá
 
Vera Lucia Fialho Lehnen
96 91260935 3222 5335 8133 7535
Espaço Cuidar: Rua Jovino Dinoá nº 33
Macapá, Amapá
 
Dados Divulgados por

Depressão

Fornecido por: 

Afinal, trata-se de uma doença que não pode ser revelada em radiografias, tomografias ou auscultada pelo estetoscópio.



Frequentemente utilizada para descrever sentimentos, a palavra depressão entrou em moda, sempre associada a sofrimentos profundos. Trata-se, no entanto, de uma doença milenar, tratável e curável, a partir de um diagnóstico preciso e de boas doses de vontade.

Predomínio anormal de tristeza, dificuldade de concentração, alterações do apetite e do sono, sentimentos de pesar ou fracasso. Sensações como estas vêm se tornando cada vez mais comuns entre as pessoas diante dos reveses da vida. O stress, a pressão no trabalho, os problemas familiares, a dificuldade financeira... não faltam razões para a perda do grande combustível que move o ser humano adiante: a energia. Daí a teoria do médico Rubens Cascapera Jr, especialista em medicina psicossomática, que atribui episódios depressivos a grandes perdas de energia.

Eventos desencadeantes são muito estudados e encontra-se relação entre certos acontecimentos estressantes na vida das pessoas e o início de um episódio depressivo. Estes eventos, contudo, não podem ser responsabilizados pel...


    
Continue sua leitura em O Debate

Copyright © 2013 Todos os direitos reservados.
UaiWeb