Quer ser nosso colaborador? Envie seu texto e fotos para nosso e-mail.

Intestino Luís Correia PI

"O tamanho, a textura, o odor e até mesmo a cor do nosso cocô podem denunciar se estamos com algum problema", diz a nutricionista Daniela Jobst. Ela explica que, problemas intestinais indicam que o organismo está debilitado. Saiba como identificar se sua saúde está sendo ameaçada por algum desequilíbrio metabólico ou doença. Consulte a lista de especialistas da área, em Luís Correia.

Livia Alencar Botelho
(86) 2106-7777
R Coelho Rodrigues 1938 - Endografos
Teresina, Piauí
Especialidade
Gastroenterologia

Dados Divulgados por
Luiz Leal de Carvalho
(86) 3223-1835
R Arlindo Nogueira 333 - Norte Sala 101
Teresina, Piauí
Especialidade
Gastroenterologia

Dados Divulgados por
Jose Miguel Luz Parente
(86) 3223-9744
R Doutor Area Leao 80 - Sul Salas 1 e 2
Teresina, Piauí
Especialidade
Gastroenterologia

Dados Divulgados por
Antonio de Barros Araujo Filho
(86) 3215-6828
Av Leonidas Melo 370
Teresina, Piauí
Especialidade
Gastroenterologia

Dados Divulgados por
Fernando Jose do Rego Monteiro
(86) 221-2087
R Felix Pacheco 2040
Teresina, Piauí
Especialidade
Gastroenterologia

Dados Divulgados por
Wilson Ferreira Almino de Lima
221-4824
R Olavo Bilac 2490
Teresina, Piauí
Especialidade
Gastroenterologia

Dados Divulgados por
Joselia Maria Tajra de Sousa
222-7702
R Des Pires de Castro 380 - Sala 301
Teresina, Piauí
Especialidade
Gastroenterologia

Dados Divulgados por
Joselia Tajra Evangelista
R Desembargador Pires de Castro 380 - Sul Sl 301 Centro Medico Dr Dirceu Ar
Teresina, Piauí
Especialidade
Gastroenterologia

Dados Divulgados por
Maria Ivonete Bandeira Lages
R Vinte e Quatro de Janeiro 611 - Sl 404 N
Teresina, Piauí
Especialidade
Gastroenterologia

Dados Divulgados por
Jose Nilson D Cronemberger
(86) 3222-3632
R Treze de Maio 758 - Sul
Teresina, Piauí
Especialidade
Gastroenterologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Intestino

Fornecido por: 

O tema pode parecer estranho, o assunto inadequado e constrangedor, mas as nossas fezes podem dizer muito sobre o funcionamento de nosso organismo. O tamanho, a textura, o odor e até mesmo a cor do nosso cocô podem denunciar se estamos com algum problema, ou se está "tudo limpo".

Mastigação incorreta, mau funcionamento do seu fígado e intestino, e até falta de nutrientes em seu organismo, são apenas alguns exemplos dos problemas que podem ser detectados a partir da análise das fezes.

Acredite ou não, mas o cocô tem a sua forma ideal e mostra se estamos saudáveis e com nossos órgãos em dia. "Aqueles cocôs longos e grossos, como se fosse uma salsicha, com as bordas bem acabadas costumam ser os mais saudáveis", diz Daniela Jobst, nutricionista funcional.

Mas se o que você vê ao dar

Copyright © 2013 Todos os direitos reservados.
UaiWeb