Quer ser nosso colaborador? Envie seu texto e fotos para nosso e-mail.

Antibiótico Itaporanga d'Ajuda SE

Conheça a ameaça que o uso excessivo de antibióticos representa à saúde. "O hábito de tomar remédios por conta própria é uma prática comum mundialmente, pois ao primeiro sinal de uma possível doença as pessoas procuram soluções rápidas para resolver o problema, muitas vezes de forma incorreta", alerta o autor. Entenda porque essa atitude pode fragilizar o seu sistema imunológico. Consulte a lista de especialistas da área, em Itaporanga d'Ajuda.

Alameda Social Clube
(212) 625-4517
r Boaventura, 176, sb, Baldeador, Niterói
Nova Iguaçu, Rio de Janeiro
 
J Ferreira Mello Alergistas Associados SC Ltda
(11) 288-4797
r Itapeva, 518, an 7 cj 710, Bela Vista
São Paulo, São Paulo
 
Cesar L Pergher
(54) 293-1636
r DR Oswaldo Hampe, 258, Antônio Prado
Antonio Prado, Rio Grande do Sul
 
Willian FR Galvão
(213) 392-9440
est Tindiba, 1517, Pechincha
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
 
Mario L de Carlo
(55) 251-1427
r Tito Beccon, 1633
Santiago, Rio Grande do Sul
 
Nici Infectologia
(15) 221-9561
r Sergipe, 132, 1
Sorocaba, São Paulo
 
Fernanda Cristina Manieri Garcia Duarte
(193) 236-4940
r Taunay,Visc, 420, Sl 88, Vila Itapura
Campinas, São Paulo
 
Paulo RC Galvão
(333) 521-1378
r Ari Graça, 11, São Diogo
Teófilo Otoni, Minas Gerais
 
DR Walter Fernando Mentges
(47) 275-3955
r Guilherme Dancker, 59, Centro
Jaraguá do Sul, Santa Catarina
 
Jockey Clube Barretos
(17) 323-1123
av Roberto Rios DR, 360
Barretos, São Paulo
 

Antibiótico

Fornecido por: 

A sociedade médica alerta que o uso indiscriminado de antibióticos pode aumentar a resistência das bactérias e piorar o quadro infeccioso dos pacientes.




A Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) promove o lançamento da campanha “Antibiótico necessita de prescrição médica”. Com apoio da Bayer Schering Pharma, divisão da Bayer HealthCare, a sociedade faz um alerta sobre os riscos da automedicação e do uso inadequado de antibióticos. O hábito de tomar remédios por conta própria é uma pratica comum mundialmente, pois ao primeiro sinal de uma possível doença as pessoas procuram soluções rápidas para resolver o problema, muitas vezes de forma incorreta. Os analgésicos, anti-inflamatórios e antibióticos são a classe de medicamentos mais prescritos no mundo.

A prescrição do antibiótico pelo médico é realizada quando o diagnóstico da infecção é confirmado ou suspeito, seja por meio de exame clínico, laboratorial ou investigação epidemiológica. O tratamento deve ser individualizado e o uso indiscriminado de antibióticos pode levar à resistência por parte das bactérias, ou seja, elas podem tornar-se resistentes aos antibióticos prescritos, fazendo com que a infecção não seja tratada. Hoje em dia as infecções causadas por bactérias resistentes...


    
Continue sua leitura em O Debate

Copyright © 2013 Todos os direitos reservados.
UaiWeb