Quer ser nosso colaborador? Envie seu texto e fotos para nosso e-mail.

Consultório de Pneumologia Ananindeua, Pará

Esta página disponibiliza matérias interessantes sobre pneumologia e uma lista de empresas e profissionais liberais na cidade de Ananindeua. Encontre abaixo empresas e profissionais liberais da região de Ananindeua que oferecem diversos produtos e serviços e ainda esclareça suas dúvidas sobre pneumologia.

Antonio Anselmo Bentes de Oliveira
Tv 13 - de Maio 469 S 304
Belem, Pará
Especialidade
Pneumologia

Dados Divulgados por
Luana Paredes Leite de Barros Pereira
(91) 0269-0579
R.dos Pariquis 2999 - . Ed.Village Center_Sl 606/608
Belem, Pará
Especialidade
Pneumologia

Dados Divulgados por
Sandra Suely dos Santos Praia
913-2360
R Domingos Marreiros 1735
Belem, Pará
Especialidade
Pneumologia

Dados Divulgados por
Angelina Serra Freire Lobo
R Ferreira Cantao 454 - S 404
Belem, Pará
Especialidade
Pneumologia

Dados Divulgados por
Benedito Tacariju R Pauxis
(91) 3217-4000
Av Gentil Bittencourt 2175
Belem, Pará
Especialidade
Pneumologia

Dados Divulgados por
Ana Cristina Oliveira Braga
(91) 3222-4108
Av Presidente Vargas 351 - Sala 214
Belem, Pará
Especialidade
Pneumologia

Dados Divulgados por
Francisco Cardoso de Oliveira Santos
913-2249
Av Conselheiro Furtado 1284
Belem, Pará
Especialidade
Pneumologia

Dados Divulgados por
Cleonardo Augusto da Silva
(91) 3259-5896
Av Governador Magalhaes Barata 695 - Sala 207
Belem, Pará
Especialidade
Pneumologia

Dados Divulgados por
Benedito Helio da Silva Queiroz
Av Duque de Caxias 762
Belem, Pará
Especialidade
Pneumologia

Dados Divulgados por
Cleonardo Augusto da Silva
(91) 3259-5896
Av Governador Magalhaes Barata 695 - Sala 207
Belem, Pará
Especialidade
Pneumologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Baixa umidade do ar no inverno

Fornecido por: 

Autoria: Da Redação   
13 de julho de 2011
 

Muito comum nesta época do ano, a baixa umidade do ar pode desencadear uma série de complicações respiratórias e agravar doenças já existentes.

Para a dra. Valeria Cristina Vigar, secretária-geral da Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia (SPPT), devemos ficar em estado de atenção quando a umidade relativa do ar estiver abaixo de 30%, e em estado de alerta quando estiver menor que 20%. Com menos de 12% o estado é de emergência. "Quanto menor for a umidade do ar, mais cuidados devem ser tomados para evitar complicações alérgicas e respiratórias. As principais consequências são o ressecamento das vias aéreas, que leva a doenças como rinite, rinossinusite, inflamação da mucosa que reveste a cavidade nasal, descompensação de asma e DPOC."

Embora haja registros de baixa umidade do ar em muitos Estados brasileiros, as regiões sudeste e centro-oeste enfrentam têm seus problemas agravados pela falta de chuva e aumento no nível de poluição no ar. "Independentemente da região, os principais grupos de risco são os portadores de doenças respiratórias crônicas". Para estas pessoas, a dra. Valéria pede atenção redobrada, aconselhando-os a seguir orientação médica e manter rigorosamente o tratamento indicado pelo médico.

...

Clique aqui para ler este artigo em O Debate

Copyright © 2013 Todos os direitos reservados.
UaiWeb