Quer ser nosso colaborador? Envie seu texto e fotos para nosso e-mail.

Consultório de Nutrição Porto Velho, Rondônia

Encontre as clínicas de nutrição de Porto Velho. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região,aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Joao Tarcisio M Spinelli
(69) 3221-9789
Quintino Bocaiuva 2132
Porto Velho, Rondônia
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Instituto de Ortopedia e Traumatologia de Rondonia
(69) 3223-2055
r Paulo Leal, 381, Tr Hosp Prontocor, N S das Graças
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Centro de Ortopedia Lima Ltda
(69) 3224-8235
r Júlio de Castilho, 149, Centro
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Clinica de Gastroenterologia Cirurgica Dr: Mizel de Melo Pinto
(69) 3229-4979
r Afonso Pena, 50, Sl 8, Centro
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Auriane Saldanha D. de Abreu
(69) 3229-0053
Rua Senador Alvaro Maia 1409
Porto Velho, Rondônia
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Auriane Saldanha D. de Abreu
(69) 3229-0053
Rua Senador Alvaro Maia 1409
Porto Velho, Rondônia
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Fisiopilates - Clinica de Fisioterapia e Reabilitacao Ltda Me
(69) 3229-5606
r Pio XII, 1139, A, Pedrinhas
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
P S A Gondim
(69) 3221-1262
r Afonso Pena, 78, Sl 1, Centro
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Joao Tarcisio M Spinelli
(69) 3221-9789
Quintino Bocaiuva 2132
Porto Velho, Rondônia
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Clinica Medica Dr. Carlos Mamed
(69) 3224-7504
r Dom Pedro II 1707 São Cristovão
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Consultório de Nutrição

Fornecido por: 

Nos últimos 20 anos, uma onda líquida inundou as gôndolas dos supermercados com repercussão sobre as despensas e geladeiras das residências em todo o mundo. Incorporamos à nossa dieta calorias extras, provenientes de iogurtes, sucos de frutas, bebidas de soja, chás e refrigerantes.

São centenas de produtos líquidos com rótulos pouco elucidativos, escritos em letra miúda, com ingredientes difíceis de serem compreendidos até pelos profissionais da área de Nutrição. Expostas a essa carga de líquidos de sabor doce, pessoas de todas as idades passaram a mudar seus hábitos, incorporando calorias, açúcares e adoçantes, em volumes jamais pensados. Resultado: as silhuetas saltaram para graus variáveis de sobrepeso e obesidade.

Crianças e adolescentes são o principal alvo da indústria de alimentos, pois eles são os maiores consumidores das bebidas doces. Nos últimos 10 anos, o consumo de refrigerantes pelas crianças quase dobrou nos Estados Unidos. Os adolescentes (garotos) tomam em média, de três a quatro latas por dia, 10% deles chegam a ingerir sete ou mais latas. A média para as meninas adolescentes é maior que duas latas diárias, sendo que 10% delas chegam a beber mais de cinco latas ao dia.
 ...

Clique aqui para ler este artigo em O Debate

Copyright © 2013 Todos os direitos reservados.
UaiWeb