Quer ser nosso colaborador? Envie seu texto e fotos para nosso e-mail.

Clínica de fertilização Salvador, Bahia

Encontre as clínicas de fertilização de Salvador. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Fernando Antonio de Castro Guedes
(71) 3348-7383
Av. Antonio Carlos Magalhães 846 - Sala 314
Salvador, Bahia
Especialidade
Medicina de Família e Comunidade

Dados Divulgados por
Ademario Galvao Spinola
(71) 3276-8200
Salvador, Bahia
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Maria Áurea Sapucaia Câmera
713-3213
Av Sete de Setembro 71 - Ed Executivo S/613614 6º Andar
Salvador, Bahia
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Edmario Guimaraes Costa =Cnen Af=
(71) 2104-2020
Salvador, Bahia
Especialidade
Medicina Nuclear

Dados Divulgados por
Miriam Nunes da Silva
713-3518
Av Juracy Magalhães Junior 2490 - S/04 Térreo Centro Médico Salvador
Salvador, Bahia
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Gildete Santos Silva
(71) 3359-2563
Av Acm 2501 - S/509
Salvador, Bahia
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Carla Cristina Spínola Souto
(71) 3387-2708
Rua Cabula 000 - Sn
Salvador, Bahia
Especialidade
Medicina de Urgência

Dados Divulgados por
Gilson Soares Feitosa Filho
(71) 2203-8214
Praça Almeida Couto 500
Salvador, Bahia
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Fernanda Guimaraes Fahel
(71) 2104-2020
Salvador, Bahia
Especialidade
Medicina Nuclear

Dados Divulgados por
Monica Maya Fujimori
(71) 3203-2200
Av Anita Garibaldi 2171
Salvador, Bahia
Especialidade
Medicina Nuclear

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Clínica de fertilização

Fornecido por: 

Entre 219 mil e 246 mil bebês nascem a cada ano no mundo graças ao desenvolvimento das técnicas de reprodução assistida. Os números indicam um aumento no número de procedimentos envolvendo as técnicas de reprodução assistida.

Vale destacar que é crescente o aumento no número de nascimentos a partir de técnicas como a injeção espermático-citoplasmática que tem crescido mais do que a fertilização in vitro.

Dados revelam a disparidade no acesso aos sistemas de saúde e às tecnologias de reprodução assistida pelo mundo. Estas informações levantam a questão de se desenvolver técnicas de baixo custo para aplicação em países mais pobres, onde normalmente, o tratamento é mais agressivo podendo levar a nascimentos múltiplos e a problemas como a síndrome da hiperestimulação ovariana ou a necessidade de reduções fetais.

Fonte: Clínica Gera

 ...

Clique aqui para ler este artigo em O Debate

Copyright © 2013 Todos os direitos reservados.
UaiWeb