Quer ser nosso colaborador? Envie seu texto e fotos para nosso e-mail.

Clínica de fertilização Cidade Ocidental GO

Encontre as clínicas de fertilização de Cidade Ocidental. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Wagna Cristini Rocha
(62) 3281-5413
R 48 - 634 Clin Med Carilli
Goiania, Goiás
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Marco Aurelio Borges Barbosa
(62) 3311-9900
Av. Visconde de Taunay 134
Anapolis, Goiás
Especialidade
Medicina de Urgência

Dados Divulgados por
Siderley de Souza Carneiro
(62) 3237-1700
Goiania, Goiás
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Alvaro Vitor Teixeira
(62) 3281-8336
Av 9 - 304 Clin San Vitor
Goiania, Goiás
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Circoncisto L Ribeiro Junior
Rua (062) 2416938
Goiania, Goiás
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Claudio Gonzaga Amorim
(62) 3212-5858
Av Oeste 3
Goiania, Goiás
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Juliana Ribeiro Rosa
(62) 8417-5519
Rua Dna Santinha 10 - Ap1702 Pirineus
Goiania, Goiás
Especialidade
Medicina de Família e Comunidade

Dados Divulgados por
Sergio Andrade de Carvalho
(62) 3223-7311
R 9 130 - Priori Diagnosticos
Goiania, Goiás
Especialidade
Medicina Nuclear

Dados Divulgados por
Nelcivone Soares de Melo
(62) 3219-9000
R 5 - 99 Hosp Santa Helena
Goiania, Goiás
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Maria Auxiliadora de P. Cysneiro
(62) 3521-9191
R 3 - C 63
Goiania, Goiás
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Clínica de fertilização

Fornecido por: 

Entre 219 mil e 246 mil bebês nascem a cada ano no mundo graças ao desenvolvimento das técnicas de reprodução assistida. Os números indicam um aumento no número de procedimentos envolvendo as técnicas de reprodução assistida.

Vale destacar que é crescente o aumento no número de nascimentos a partir de técnicas como a injeção espermático-citoplasmática que tem crescido mais do que a fertilização in vitro.

Dados revelam a disparidade no acesso aos sistemas de saúde e às tecnologias de reprodução assistida pelo mundo. Estas informações levantam a questão de se desenvolver técnicas de baixo custo para aplicação em países mais pobres, onde normalmente, o tratamento é mais agressivo podendo levar a nascimentos múltiplos e a problemas como a síndrome da hiperestimulação ovariana ou a necessidade de reduções fetais.

Fonte: Clínica Gera

 ...

Clique aqui para ler este artigo em O Debate

Copyright © 2013 Todos os direitos reservados.
UaiWeb