Quer ser nosso colaborador? Envie seu texto e fotos para nosso e-mail.

Clínica da Dor Parnamirim, Rio Grande do Norte

Esta página disponibiliza matérias interessantes sobre dor e uma lista de empresas e profissionais liberais na cidade de Parnamirim. Encontre abaixo empresas e profissionais liberais da região de Parnamirim que oferecem diversos produtos e serviços e ainda esclareça suas dúvidas sobre dor.

Natal Hospital Center
(84) 4009-1000
Afonso Pena 754
Natal, Rio Grande do Norte
Especialidade
Medicina Nuclear

Dados Divulgados por
Maria do Socorro S.G. da Silva
(84) 3222-3508
Rua Potengi 467
Natal, Rio Grande do Norte
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Maria do Socorro Santos G Silva
Rua Potengi 467
Natal, Rio Grande do Norte
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Zelia Maria Silva de Assis
(84) 3211-8448
Citopatologia Ginecologia e Obstetrícia
Natal, Rio Grande do Norte
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Centro Clínico Ponta Negra
(84) 3219-5651
av Praia Ponta Negra, 8892
Natal, Rio Grande do Norte

Dados Divulgados por
Nubia Eleonora D de Medeiros
(84) 3212-1222
Av. Campos Sales 847
Natal, Rio Grande do Norte
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Maria Elaine F. de Farias
(84) 3211-9333
Av. Campos Sales 782
Natal, Rio Grande do Norte
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Marlize de a Romano
(84) 3133-3400
Natal, Rio Grande do Norte
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Centro Clínico Santa Rita Ltda
(84) 3219-3329
av Praia Ponta Negra, 8892
Natal, Rio Grande do Norte

Dados Divulgados por
CEAMI-Centro Atendimento Médico Integrado Ltda
(84) 3214-2114
r Benedito Santana, 10 Igapó
Natal, Rio Grande do Norte

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

O tratamento das dores crônicas

Fornecido por: 

Autoria: Da Redação   
15 de junho de 2011
 

Dados divulgados pela OMS apontam que cerca de uma em cada três pessoas no mundo sofre de dores crônicas. Somente no Brasil, aproximadamente 28% dos brasileiros com mais de 18 anos possuem algum tipo de dor.

Na tentativa de amenizar o problema, em 1973, o anestesiologista John Bonica fundou a Associação Internacional para o Estudo da Dor. Assim ficou conhecido como "pai do tratamento intervencionista da dor" e o principal responsável pela atuação na área.  Segundo o dr. Guilherme Barros, médico anestesiologista com especialização em dor e professor do Departamento de Anestesiologia da UNESP,  a dor crônica é aquela que persiste por pelo menos três meses e não desaparecerá sem tratamento específico. Existem basicamente três tipos de dores crônicas, revela o especialista.

"Nas nociceptivas, o nociceptor - estrutura nervosa responsável pela percepção dolorosa - está relacionado ao gênese da dor, como, por exemplo, as dores articulares crônicas". Outro tipo é a dor neuropática, gerada pelo mau funcionamento do sistema nervoso.
 Por ter conhecimento amplo sobre a farmacologia dos opióides, analgésicos para dores crônicas, e domínio nas técnicas de bloqueios periféricos úteis no controle da dor, o anestesiologista é o principal especialista atuante na área.

"Além dos anestesiologistas, os ortopedistas, fisiatras, neuroclínicos e acupunturistas são o...

Clique aqui para ler este artigo em O Debate

Copyright © 2013 Todos os direitos reservados.
UaiWeb