Quer ser nosso colaborador? Envie seu texto e fotos para nosso e-mail.

Clínica da Dor Brasília, DF

Esta página disponibiliza matérias interessantes sobre dor e uma lista de empresas e profissionais liberais na cidade de Brasília. Encontre abaixo empresas e profissionais liberais da região de Brasília que oferecem diversos produtos e serviços e ainda esclareça suas dúvidas sobre dor.

Tatiana Maia Jorge de Ulhôa Barbosa
(61) 3245-6668
Setor Hospitalar Local Sul 716 - Qda 716 Conjunto &Quot;C&Quot;
Brasilia, DF
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Pasteur Medicina Diagnostica
(61) 3346-3121
Seps 712 - /912 Conj. B Bloco 04 Lojas 02/03 Sl 103
Brasilia, DF
Especialidade
Genética Médica

Dados Divulgados por
Maria da Graca dos Santos
Shls 716 - Torre Ii Sala 120 Centro Clínico Sul
Brasilia, DF
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Alano Batista Maranhão
(61) 3468-3979
Ql 04 - Conj. 05 - Casa 10
Brasilia, DF
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Gestor Serviços
(61) 3327-1841
cln 201 Bl A, s/n sl 123 Asa Norte
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Andrea Franco Amoras Magalhaes
(61) 3429-5246
Scn Qd 06 Conj a Bl C 2 - Asa Norte
Brasilia, DF
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Ursula Tatiana Farias Rodrigues
(61) 3321-0005
Shs Bloco C Sala 302 - Edifício Brasil 21
Brasilia, DF
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Ana Cláudia da Câmara Sousa
(61) 3226-2477
Srtvs Q 701 - Conjunto L Bloco 02 N 30 Sala 115
Brasilia, DF
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Medicoto
(61) 3274-2852
Scrn 714/715, s/n blD lj 28 Asa Norte
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Medicos Uroligicas
(61) 3274-0445
St Terminal Norte, s/n lt M s 331 Asa Norte
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

O tratamento das dores crônicas

Fornecido por: 

Autoria: Da Redação   
15 de junho de 2011
 

Dados divulgados pela OMS apontam que cerca de uma em cada três pessoas no mundo sofre de dores crônicas. Somente no Brasil, aproximadamente 28% dos brasileiros com mais de 18 anos possuem algum tipo de dor.

Na tentativa de amenizar o problema, em 1973, o anestesiologista John Bonica fundou a Associação Internacional para o Estudo da Dor. Assim ficou conhecido como "pai do tratamento intervencionista da dor" e o principal responsável pela atuação na área.  Segundo o dr. Guilherme Barros, médico anestesiologista com especialização em dor e professor do Departamento de Anestesiologia da UNESP,  a dor crônica é aquela que persiste por pelo menos três meses e não desaparecerá sem tratamento específico. Existem basicamente três tipos de dores crônicas, revela o especialista.

"Nas nociceptivas, o nociceptor - estrutura nervosa responsável pela percepção dolorosa - está relacionado ao gênese da dor, como, por exemplo, as dores articulares crônicas". Outro tipo é a dor neuropática, gerada pelo mau funcionamento do sistema nervoso.
 Por ter conhecimento amplo sobre a farmacologia dos opióides, analgésicos para dores crônicas, e domínio nas técnicas de bloqueios periféricos úteis no controle da dor, o anestesiologista é o principal especialista atuante na área.

"Além dos anestesiologistas, os ortopedistas, fisiatras, neuroclínicos e acupunturistas são o...

Clique aqui para ler este artigo em O Debate

Copyright © 2013 Todos os direitos reservados.
UaiWeb