Quer ser nosso colaborador? Envie seu texto e fotos para nosso e-mail.

Centro de reabilitação Corumbá, Mato Grosso do Sul

Encontre os centros de reabilitação de Corumbá. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Arruda, Ângelo M V
(67) 3383-2307
r Eduardo Santos Pereira, 1659 s 5, Jardim dos Estados
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Ismape - Apoio Psicológico e Educacional
(67) 3382-6748
r Arthur Jorge, 1048 Sl 2
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Instituto CrerSer
67 3382 1750 3027 3565
Rua Pernambuco 1396, Monte Castelo
Campo Grande , Mato Grosso do Sul
 
Clínica de Psicologia Andrea Lacet, Dra
(67) 3321-8077
r Rio Grande Sul, 1530, Jardim dos Estados
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Clínica de Psicologia Merege
(67) 3384-3907
r 25 de Dezembro, 476 s 4, Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Marcos Antonio Ruiz - Hipnólogo
067 9906 6123
Rua Cacimbinha, 118
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
 
Clínica de Psicologia e Fonoaudiologia
(67) 3324-6026
av Mato Grosso, 358, Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Centro Psicológico de Controle do Stress
(67) 3383-0199
av dos Estados, 112, Jardim dos Estados
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Psicanalista
(67) 3324-9063
R, Abrão J;ulio Rahe, 1483
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
 
Psicólogo Fabricio Siqueira Basso
(67) 3325-8197
Rua Sebastião Lima, 454
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
 
Dados Divulgados por

Centro de reabilitação

Fornecido por: 

Pesquisa do CISA mostra que quem bebe na adolescência tende a continuar bebendo na idade adulta.

De acordo com pesquisa realizada pelo CISA - Centro de Informações Sobre Saúde e Álcool, quem bebe pesado na juventude tende a continuar a beber dessa forma no início da idade adulta. Além de manter esse hábito pernicioso, o adulto sofre as conseqüências negativas desse hábito, como a lesão do tecido hepático e o aumento do risco de desenvolver a cirrose.

Beber pesado seria o consumo binge de álcool, ou seja, cinco ou mais doses alcoólicas por homens ou quatro ou mais doses por mulheres dentro do período de duas horas. Os autores da pesquisa indicam que beber em padrão binge está associado a importantes danos ao tecido hepático, podendo ser considerado um fator preditor e de risco de desenvolvimento de padrões nocivos de consumo e das doenças associadas, entre elas a cirrose hepática. Fica o alerta para a importância de medidas preventivas ao abuso de álcool.

Fonte: Planin Worldcom

 ...

Clique aqui para ler este artigo em O Debate

Copyright © 2013 Todos os direitos reservados.
UaiWeb