Quer ser nosso colaborador? Envie seu texto e fotos para nosso e-mail.

Cardiologista Infantil Criciúma, Santa Catarina

Esta página disponibiliza matérias interessantes sobre cardiologia infantil e uma lista de empresas e profissionais liberais na cidade de Criciúma. Encontre abaixo empresas e profissionais liberais da região de Criciúma que oferecem diversos produtos e serviços e ainda esclareça suas dúvidas sobre cardiologia infantil.

Fabio Coelho
(48) 3438-2964
Rua Cel. Pedro Benedet Nº505 sala 703
Criciuma, Santa Catarina
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Regis Leaes Vargas
466-2112
Rua Abita Garibaldi 181 - /808
Criciuma, Santa Catarina
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Eney Oliveira Fernandes
326-9629
Rua Dr. Luiz de Freitas Melro 395 - Sl508
Blumenau, Santa Catarina
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Jamil Cherem Schneider
3212-5050
Av Trompowsky 291
Florianopolis, Santa Catarina
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Celso Accacio Teixeira Moreira
322-2147
Av Osmar Cunha 486
Florianopolis, Santa Catarina
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Emanuel Manente Milanez
(48) 3437-6461
Coronel Pedro Benedet 488 - Sala 205
Criciuma, Santa Catarina
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Carlos Garcia
3222-1477
Av Osmar Cunha 486
Florianopolis, Santa Catarina
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Jamil Mattar Valente
322-2147
Av Osmar Cunha 486
Florianopolis, Santa Catarina
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Alexandre Klita
(49) 3324-1684
Rua Marechal Deodoro da Fonseca 700E sala 2
Chapeco, Santa Catarina
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Silvia Rozauria Froes Toniazzo
(47) 3521-2448
Rua Humaita 19 - Sala 205
Rio Do Sul, Santa Catarina
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Coração infantil também precisa de cuidados

Fornecido por: 

Autoria: Da Redação   
23 de maio de 2011
 
A falta de exercícios e a alimentação inadequada são as principais causas da obesidade infantil. Foi-se o tempo em que uma criança gordinha era vista como saudável. O excesso de peso é uma doença e merece atenção. Provoca o surgimento de diabetes, problemas cardíacos e má formação do esqueleto.

No Brasil, estudos mostram que o índice de obesidade infantil está cinco vezes maior do que há vinte anos. Segundo a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), cerca de 15% das crianças e 8% dos adolescentes são obesos. E oito em cada dez continuam a ter excesso de peso na fase adulta.

A principal causa é a má alimentação, seguida pelo sedentarismo. Os hábitos alimentares, ao contrário do que muitos imaginam, são consequência dos estímulos recebidos na infância. Atualmente há uma tendência para o consumo de alimentos industrializados, os fast foods, que na maioria das vezes são pobres em nutrientes e ricos em açúcar, gorduras e sódio.

Os pais devem ser os maiores incentivadores dos filhos para a ingestão de alimentos ricos em vitaminas como frutas, legumes e verduras. A prática de atividades físicas desde cedo faz crescer o gosto pelo esporte e é importante aliada no combate a problemas cardiovasculares na fase adulta. "O exercício físico ajuda o coração a desenvolver artérias colaterais, que no futuro poderão ser fundamentais para a saúde do coração", explica Américo Tângari Junior, cardiologista...

Clique aqui para ler este artigo em O Debate

Copyright © 2013 Todos os direitos reservados.
UaiWeb